10 Curiosidades sobre o Minha Casa Minha Vida

Nesse artigo reunimos algumas curiosidades para todos que possuem algumas dúvidas não respondidas sobre o Minha Casa Minha Vida. Falaremos sobre alguns detalhes que você provavelmente não saiba ao se cadastrar no programa que facilita o sonho da casa própria.
Lembrando que nós da imobiliária Eduardo Feitosa trabalhamos com esse programas que a cada dia ajuda mais e mais brasileiros a conquistarem esse sonho, por isso qualquer dúvida é só nos ligar ou falar com um dos nossos corretores.

1. Autônomos podem se cadastrar no Minha Casa Minha Vida

Isso é algo não muito divulgado, mas autônomos podem sim se cadastrar no programa, e para provar a renda basta juntar algumas transações bancárias, extratos bancários a declaração do Imposto de Renda. O processo se desenrola da mesma forma dessa maneira.

2. Você pode vender seu imóvel adquirido pelo programa?

Você pode sim vender seu imóvel do Minha Casa Minha Vida, desde que tiver financiado um imóvel nas faixas 1,5 (famílias com renda até 2.600, na área urbana), faixa 2 (famílias com renda mensal de até R$ 4.000, na área urbana; ou até R$ 30 mil no ano, para área rural) ou 3 (famílias com renda mensal de até R$ 7 mil, para área urbana; ou até R$ 60 mil anual, para área rural). Lembrando que caso venda antes de 5 anos terá que devolver o valor do subsidio.

Se você se cadastrou na prefeitura de seu município e ganhou um imóvel na faixa 1 (renda familiar mensal até R$ 465,00, para área urbana; ou até R$ 15 mil anual, para área rural), você não pode vende-lo.

Caso venda você não receberá o subsidio do Minha Casa Minha Vida. Pois com o Programa, o subsídio só pode ser usado para aquisição do primeiro imóvel.

3. Pessoa de nome sujo também pode participar?

Pelo que dizem as regras do programa, você pode participar do programa mesmo com o nome sujo, mas apenas se estiver na faixa 1 (renda familiar mensal até R$ 465,00). Quem tiver renda familiar maior do que R$ 1.300 não pode ter o nome sujo.

4. Participar do programa em outra cidade?

Muita gente tem essa dúvida, você somente pode comprar um imóvel pelo Minha Casa Minha Vida em outra cidade se você tiver um ano ou mais de residência na cidade, ou desde que seja uma cidade nas redondezas da cidade onde você mora.

Caso queira você pode financiá-lo pelo programa, mas vai ser preciso comprovar o local do seu emprego. Para isso, apresente a sua carteira de trabalho ou as notas emitidas, caso seja autônomo.

Lembrando que tendo um imóvel quitado em outra cidade e mas comprove residencia e trabalho em outra cidade. Você pode participar do programa e aproveitar dos descontos e subsídios.

5. Você só pode participar do programa uma vez.

Se você já tiver outro financiamento por meio de um programa habitacional da prefeitura da sua cidade, também não conseguirá participar do Minha Casa Minha Vida. Nestes casos, a sua opção é procurar um financiamento que possua as melhores taxas para você.

6. Nem todo imóvel pode ser financiado pelo programa!

Existe um teto do valor do imóvel (em torno de R$225.000,00 em algumas cidades), o imóvel deve ser novo e o FGTS da cidade deve poder cobri-lo. Além disso, para os empreendimentos destinados ao Minha Casa Minha Vida, existem diversas exigências de infraestrutura, o que faz com que nem sempre haja imóveis disponíveis.

7. Não atrase sua parcelas para não perder o imóvel!

Atrasar as parcelas pode fazer com que você perca seu imóvel. Se o consumidor estiver com as parcelas da casa própria atrasadas e ultrapassar o prazo limite estabelecido em contrato, o banco encaminha uma notificação ao devedor.

Após a entrega da intimação, o devedor tem um prazo de 15 dias para pagar a dívida em atraso. Depois disso, o imóvel pode ir a leilão no prazo de 30 dias.

Perdendo a possibilidade de ter outro financiamento pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Caso tenha atrasado alguma parcela, procure regularizar sua situação antes de chegar neste ponto crítico.

8. Nem sempre a sua entrada acontece por sorteios

Muitos acham que é apenas por sorteio que se consegue um imóvel no Minha Casa Minha Vida, porém isso só ocorre quando o número de imóveis da cidade é menor que o número de pessoas cadastradas.
Participam do sorteio pessoas que têm renda familiar mensal de até R$465,00. Esse grupo deve se inscrever na prefeitura ou entidade organizadora e aguardar ser chamado. Todo o resto pode fazer o financiamento pela Caixa Econômica ou Banco do Brasil.

9. Você pode adiantar parcelas e receber desconto nos juros.

Se você pode pagar adiantado a sua parcela do programa, eu aconselho que pague. Pois quanto mais parcelas adiantadas você pagar, mais você economizará no final.
Também é possível usar o Fundo de Garantia para liquidar parte do valor do financiamento.

10. Eduardo Feitosa tem as melhores opções de imóveis para você!

Acesse o plantão da casa própria e confira os melhores imóveis! Converse agora mesmo com um corretor para obter as melhores condições.

Não perca tempo! Fale agora mesmo com um especialista através do nosso Whatsapp. Clique Aqui!

♦ Candeias  ♦ Paulista  ♦ São Lourenço ♦ Jaqueira ♦ Boa Viagem ♦ Piedade