Escritórios funcionais!

Nesta semana a arquiteta Cinthia Bem dá sugestões de usos e aproveitamento de espaços dos escritórios. Saiba como transformar aquele ambiente meio sem graça em um espaço mais agradável e funcional, e o que é melhor: sem bagunça.

 

Seja em casa ou em um local comercial, pensar e planejar o projeto de um escritório requer atenção a detalhes, assim como conhecimento técnico, naturalmente. É fundamental seguir algumas diretrizes: o ambiente de trabalho precisa ser confortável, mesmo que simples, sendo o mais importante que possibilite a concentração no trabalho.

O mobiliário pode ser básico: mesa, cadeira, armários e prateleiras. Priorize gavetas e armários fechados para colocar a maior parte do seu acervo: nas prateleiras e na mesa, quanto menos objetos melhor, pois isso ajuda a manter a organização do ambiente e facilita a concentração no trabalho. Quanto maior o numero de objetos expostos, maior a sensação de desarrumação. Prefira colocar apenas alguns livros e objetos decorativos nas prateleiras e na mesa só itens que use constantemente, como os de papelaria, por exemplo.

Quando se tem um bom espaço em escritório residencial, ainda há a possibilidade de criar outros ambientes dentro do mesmo local, como por exemplo uma poltrona mais confortável para leitura ou um sofá-cama para receber mais pessoas e que eventualmente possa servir também como quarto de hóspedes.

Foto: reprodução internet

Posicione a mesa de trabalho no local mais favorável em relação à janela, para um melhor aproveitamento da ventilação e iluminação natural. O monitor do computador deve estar sempre fora da área de reflexo da luz, tanto a natural quanto a artificial. Esta ultima deve ser de preferência uma luz difusa, para melhor conforto visual.

E por fim, na hora de decorar, invista em caixinhas e organizadoras, objetos e detalhes que passem a ideia que você pretende dar ao ambiente: imponha seu estilo dando um toque pessoal no caso do escritório residencial, ou o que se enquadre de acordo com a proposta do escritório comercial.

 

 

Muita cautela na hora de escolher as cores para o local, pois elas podem influenciar positiva ou negativamente no resultado final. Lembre-se sempre de que as partes e o todo devem conversar: cuidado para não perder a clareza sobre “qual estilo” quer transmitir ao ambiente.

 

 

Cinthia Bem formou-se arquiteta pela FAUPE em 2011. Desde então trabalha com projetos de interiores e construção. Escolheu a arquitetura porque sempre valorizou a importância de se viver bem, com conforto e em uma espaço que tenha a cara do morador.

 

 

Escritório: Av. Flor de Santana, 148, Casa Forte, Recife-PE
Contatos: 8833-8442 / 9769-0606
Mail: cinthia.bem@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − sete =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.