Imobiliária Eduardo Feitosa fala sobre mercado para terceira idade

 

 

Esse post é para você que está em busca de imóveis seguros e adaptados para a melhor idade :)

A imobiliária Eduardo Feitosa foi capa do caderno de imóveis Lugar Certo, do Diario de Pernambuco. Nossa gerente de produto Margareth Asfora conversou com a repórter Germana Macambira sobre como o mercado de construção está oferecendo moradias adaptadas para a terceira idade.

Entre os empreendimentos citados na entrevista, estão o Torres do Mirante, da Construtora Cosil, e o Le Parc Boa Viagem, da Cyrela. Para saber mais sobre os empreendimentos, acesse nosso site (www.eduardofeitosa.com.br) e converse com nossos corretores via chat online. Se preferir, basta ligar para nossa central de vendas: 3059-4699.

 

Confira a matéria na íntegra:

 

Espaço para terceira idade

Germana Macambira
Especial para o Diário
germanalucia.pe@dabr.com.br

 

Investir em projetos com soluções para a terceira idade está movendo o  mercado imobiliário. Personalizar um  imóvel para atender às necessidades
de um público de idosos tem sido idealizado pelos empreendimentos da construção civil, que enxerga nessa população uma fatia relevante no mercado. O último Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (IBGE) traz a informação de que hoje são cerca de 20,5 milhões de pessoas acima dos 65 anos no país, o que representa 10,8% da população.

De acordo com Margareth Asfora, gerente de vendas da Imobiliária Eduardo Feitosa, compradores que têm pessoas idosas em seu núcleo familiar são atraídos pelas adaptações oferecidas pelas construtoras: “São clientes com familiares idosos, que têm a preocupação de dar mais conforto para eles. Os atrativos são interessantes, porque geralmente o público idoso procura um segundo imóvel pensando na família”, assegura.

A construtora e incorporadora Cosil oferece o programa Planta  Acessível, idealizado especialmente para quem necessita de medidas especiais no imóvel, sem gerar custo adicional às unidades. No Recife, o Residencial Torres do
Mirante, na Avenida Caxangá, e o Riviera Boa Viagem, trazem em seus projetos infraestrutura adequada para essas pessoas. “É uma estrutura projetada para facilitar a vida do público de terceira idade. Detalhes que fazem a diferença, como barras de apoio nos banheiros, altura ideal das pias, ambientes mais largos e posicionamento confortável das maçanetas são exemplos de características essenciais nas plantas desses clientes”, pontua a diretora comercial da Cosil,  Jéssica Silva.


Outro empreendimento que vem com soluções de acessibilidade para idosos é o Le Parc Boa Viagem, da Construtora Cyrela.  Piscinas, por exemplo, contam com uma rampa interna para evitar acidentes. Todos os apartamentos são estruturados com portas mais largas e banheiros espaçosos que permitem a colocação de barras.

Empreendimentos inseridos dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida têm que ser entregues, ao menos, com 3% dos projetos já adaptados para idosos ou pessoas com pouca mobilidade. A determinação é dada através da Lei 11.977/2009 (Lei da Acessibilidade) e do próprio Estatuto do Idoso (Lei Federal 10.741/2003).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

12 − 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.