Litoral de Paulista: cheio de encantos!

Do Janga à Maria Farinha, o litoral de Paulista tem uma boa variedade de serviços e praias urbanas bem tranquilas 

Por Thais Queiroz 

maria-farinha

Com uma extensão de 93,52 km², a cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, pode ser dividida em duas grandes regiões: o litoral e o centro. O centro é onde se concentra a maior parte da população e é acessado principalmente pela PE-15. Já falamos um pouco dessa região aqui.

Mas e o litoral?

Apesar de não ser tão famoso quanto o de Recife ou Jaboatão, nele dá para curtir um banho de mar em águas morninhas e logo depois ir à faculdade. Ou seja: lazer e serviços ao alcance da população.  Chegar ao litoral é fácil: saindo de Olinda é só seguir pela Av. Getúlio Vargas e ir em frente. Passou da Ponte do Janga, já está lá. Vamos conhecer mais?

Litoral de Paulista: Janga

“Eu fui pra praia do Janga, pra ver a ciranda…”

Todo pernambucano que gosta de Carnaval já deve ter cantado a famosa “Frevo e Ciranda”, de Capiba, alguma vez na vida.  O Janga inicialmente era conhecido por suas praias e pela Ciranda da Dona Duda, que movimentava a cultura de Pernambuco na década de 1970. Hoje em dia o bairro vem atraindo diversos serviços e investimentos, se tornando um lugar ideal para morar.

shopping janga

A região tem se beneficiado bastante da duplicação da PE-01, principal rodovia que corta o bairro. A ampliação começou na ponte do Janga e vai até a entrada do Conjunto Beira Mar. Nesse trecho é possível conferir um sem-número de serviços, como a Faculdade Joaquim Nabuco, o Hospital Nossa Senhora do Ó, o North Way Shopping… Quem ama um sushi pode curtir o Let’s Roll ou o Hakata, ambos com opção de rodízio.  A Quitandaria do Janga, ampliada, tem um restaurante e conta com diversas opções em frutas e verduras.

Não é à toa que a Pernambuco Construtora resolveu investir na região com o Janga Prince. O empreendimento conta com uma ampla área de lazer e fica no melhor trecho da praia, em frente aos arrecifes.

apartamento no janga 3 quartos pronto para morar

 

Litoral de paulista: Pau Amarelo

forte pau amarelo

Pau Amarelo é conhecido pelo seu forte e o clima de sossego. Plena de coqueiros e de mar revolto, próximo à praia do Janga e, paradoxalmente, calmo à medida que se aproxima a praia de Conceição, Pau Amarelo tem como atrativo a formação de piscinas naturais em alto mar.

O bairro possui vários quiosques na orla e uma de suas atrações é o Forte de Pau Amarelo, construído em 1719. A praia foi cenário da invasão da Companhia das Índias Ocidentais, no século XVII e sua vizinha, a praia do Janga, assistiu à primeira batalha naval entre portugueses e holandeses, na foz do Rio Doce, que separa, atualmente, os municípios de Paulista e Olinda.

Atualmente é endereço de dois empreendimentos Minha Casa Minha Vida: o Costa dos Coqueiros, da Tenório Simões, e o Villa Madrid, futuro lançamento da VL Construtora.

 

Litoral de paulista: Maria Farinha

MARY

Considerada um dos destinos turísticos mais belos do Estado, a praia de Maria Farinha a é conhecida por sua tranquilidade e clima agradável. Costuma receber um bom número de turistas durante a alta temporada,  mas no restante do ano é super tranquila –  o movimento só aumenta nos feriados. Como as águas são tranquilas, é um pólo de esportes náuticos – espere ver muitas lanchas e jet skis por lá. Também é normal encontrar muita gente praticando windsurf e kite surf.

A tranquila praia de Maria Farinha assim foi batizada graças à esse simpático crustáceo da foto, que vive em buracos cavados na areia e é super “tímido”: basta chegar perto e eles já se escondem.

maria farinha Maria Farinha apareceu no mapa das férias pernambucanas mais precisamente nos anos 1970. A sociedade toda batia ponto nas areias quentinhas e no encontro do rio Timbó com o mar. O point era mais agitado do que Porto de Galinhas, praticamente desconhecida na época.

Outra atração bastante conhecida é o Veneza Water Park, um dos maiores parques aquáticos do Brasil.

Como Chegar?

Há dois caminhos para Maria Farinha: a partir da PE-22 até o cruzamento com a PE-01 (para quem vem do centro de Paulista). Já quem vem de Recife-Olinda pode ir em frente toda a vida, até  o final da PE-01. A principal opção de ônibus é o Maria Farinha – Casa Caiada ou Pelópidas – Loteamento Conceição.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.