Mercado imobiliário em Recife: por que investir agora?

Investir no mercado imobiliário em Recife pode ser um ótimo caminho, mas isso dependerá do panorama da economia e das perspectivas de crescimento para o futuro. Se na última década comprar imóveis não era um investimento tão vantajoso, em 2019 a perspectiva é diferente.

O setor imobiliário está aquecendo este ano. Após algum tempo de recessão, as metas estão sendo atingidas e a economia está mais próspera. A inflação é o principal sinal dessa estabilidade, pois está dentro do índice esperado pelo governo, impedindo uma elevação da taxa de juros, como a taxa Selic.

Neste post mostraremos um panorama do mercado imobiliário em Recife e daremos dicas de como comprar um imóvel em Recife. Abaixo você confere muito mais sobre o assunto!

Panorama dos últimos anos

 Após seis anos em queda, o mercado registrou crescimento de 10% no comércio de imóveis residenciais. No ano passado os números do setor melhoraram consideravelmente depois da economia nacional progredir. Além disso, a oferta de novos empreendimentos caiu, já que as construtoras diminuíram o ritmo de construção.

Melhora do mercado imobiliário de Recife

 De acordo com economistas e especialistas no setor imobiliário, a falta de confiança provocada pela recessão econômica nacional é uma das causas desse aquecimento, pois os imóveis tornaram-se um dos melhores e mais seguros tipos de investimento, sendo ainda mais rentáveis do que muitas alternativas disponíveis no mercado financeiro.

Como o país caminha para uma economia estabilizada, a oferta deverá ser ampliada. Isso contribui para a geração de empregos e aumenta a confiança do consumidor. E quanto antes for feita a compra do imóvel, mais chances de aproveitar os preços menores, já que a tendência é de aumento nos valores dos imóveis conforme o período de construção do mesmo.

Nos últimos anos, Recife registrou altas crescentes nas vendas. De acordo com relatório da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a alta no primeiro semestre de 2018 foi de 53%, representando um volume superior se comparado a 2016 e 2017. A ampliação do número de unidades do programa Minha Casa Minha Vida em 2018 é a maior responsável pelo aquecimento e dá um status promissor para Recife.

Crédito para financiamento facilitado

A oferta de crédito mais acessível permitiu a recuperação do mercado. Outro ponto importante foi a alteração na taxa de juros Selic, reduzida para 6,5%, enquanto chegou a atingir 14% em outros anos. A redução dos juros do financiamento pela Caixa Econômica Federal e o controle da inflação, aumentaram a expectativa de uma recuperação maior para o mercado imobiliário em 2019.

Ainda este ano, existe uma expectativa de taxas de juros ainda mais baixas e uma inflação controlada. Também vale lembrar o interesse das instituições financeiras em aprovar financiamentos, já que há mais ofertas de crédito. A decisão do governo que permite financiar imóveis de até R$ 1,5 milhões utilizando os recursos do FGTS incentiva o mercado imobiliário em Recife.

Investimento rentável

Bons negócios dependem de valorização dos produtos. Os imóveis entram nessa categoria de investimentos. Esse tipo de aquisição como investimento não significa que você tem muito dinheiro guardado, pois há financiamentos e consórcios que ajudam nesse processo.

A recuperação da economia e as oportunidades mais acessíveis de financiamento tornam 2019 um ótimo ano para quem deseja investir no mercado imobiliário, especialmente na cidade de Recife, que possui ótimos atrativos, devido à possibilidade de valorização a médio e longo prazo dos imóveis.

Agora que você conheceu o mercado imobiliário do Recife e já sabe a hora certa de investir, fale com um de nossos corretores que estão prontos para atendê-lo da melhor forma possível.

 

× Como posso te ajudar?
A casa é sua!