Poço da Panela: uma história profunda

Recife é uma cidade grande em todos os aspectos, mas existe um lugar que lhe tira da realidade e proporciona uma bela viagem no tempo: o Poço da Panela. Com uma clássica arquitetura visível nos grandes casarões, o Poço da Panela conserva um clima agradável bastante arborizado e tranquilo. Em meio as mangueiras, sapotizeiros, oitizeiros, jaqueiras e a um baobá – espécie rara no Brasil –, a temperatura das ruas e da Estrada Real do Poço nos traz a sensação de estar fora da capital.

ESTRADA REAL

O Poço da Panela não recebeu esse nome à toa. O bairro surgiu no século XVIII, como um pequeno povoado, pertencente ao Engenho Casa Forte, e passou a ser frequentado pela elite por estar às margens do Rio Capibaribe, onde as pessoas tomavam banhos medicinais naquele tempo. Mas, no início, a moradia teve bastante dificuldade para conseguir água potável. Isso não demorou muito: uma nascente foi descoberta e um poço foi construído, acompanhado de uma panela de barro, para que os moradores tivessem acesso à água. Daí o nome: Poço da Panela.

 

Localizado bem no coração da Zona Norte, o bairro histórico e tombado pela Prefeitura do Recife faz fronteira com outros quatro bairros da região: Casa Forte, Santana, Monteiro e Casa Amarela. A área pertencia ao Engenho Casa Forte, propriedade de Diogo Gonçalves e cedida por Duarte Coelho.

poco_da_panela_0

Com todos esses privilégios, o bairro se tornou referência na cidade e abrigou grandes personalidades na capital pernambucana. O escritor Ariano Suassuna foi uma delas. Além dele, o ex-governado Miguel Arrares, o abolicionista José Mariano e sua esposa Dona Olegarinha (que nomeia uma das ruas) e o poeta Maciel Monteiro também habitaram a charmosa vizinhança.

RuadoPoo

Como tudo que é tradicional no Recife, o Poço da Panela também tem história no carnaval. O bloco lírico Pára-quedista Real sai pelas ruas de pedras arrastando foliões saudosistas com belas músicas provenientes dos instrumentos metálicos que nos fazem arrepiar durante a folia de momo.

 

EMPREENDIMENTOS

Erguido uma área de 4.118 metros quadrados, o Poço Prince terá 60% de seu terreno de solo natural preservado, com muito verde e árvores frutíferas. Com ampla estrutura de lazer, o projeto tem infraestrutura ancorada no conceito de sustentabilidade. Viva em contato com a natureza sem sair da cidade.

Poço Prince - Fachada Noturna

Com entrega prevista para o fim de 2015, o Varandas do Capibaribe faz jus ao nome: amplas sacadas, com vista para o rio cartão-postal do Recife. Ao lado do charmoso casario do Poço da Panela, os apartamentos terão 3 quartos e 2 suítes, além de acabamento especial em vidros verdes. More com qualidade de vida!

Varandas do Capibaribe - Perspectiva

 

Aproveite já as promos do Feirão Online Zona Norte Eduardo Feitosa. Corretores online até meia-noite, todos os dias! www.feiraoonlinezonanorte.com.br 

Left Menu Icon
A casa é sua!
× Como posso te ajudar?